setembro, 2019

Certificação: conhecimento e oportunidade

É no conhecimento que existe a chance de libertação. Uma pessoa que decide não conhecer, aceita sua condição de escravo, aceita sua condição de submissão; conhecer é a condição pra eu me libertar de mim mesmo e das amarras sociais.”

A frase acima, do professor Leandro Karnal, resume bem a relação entre o conhecimento e a ignorância. A ignorância a que me refiro aqui é no sentido de ignorar, de não conhecer. É preciso explicar, pois em tempos de redes sociais, o hábito da leitura e, consequentemente, a interpretação correta do texto é raridade.

Mas e o porquê desta colocação? A resposta é simples, em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, se tornou extremamente necessário se aperfeiçoar e distinguir para poder ingressar no mercado e evoluir na carreira. Entretanto, só o experiencia não basta — é necessário atestar de alguma forma as habilidades e capacidades profissionais e ainda o seu conhecimento.

Mas como colocar as habilidades e conhecimento a prova e abrir as portas deste mercado cada vez mais concorrido e competitivo? A resposta a esta pergunta é, obviamente, buscar algum tipo de certificação que possa colocar a prova o conhecimento. E a porta de entrada para esse mercado é sem dúvida a certificação CPA-10 – que atesta as habilidades e as competências práticas destinada aos profissionais que atuam na distribuição de produtos de investimento em agências bancárias ou plataformas de atendimento – e a certificação CPA 20 – destinada aos profissionais que atuam na distribuição de produtos de investimento para clientes dos segmentos varejo alta renda, private, corporate e investidores institucionais em agências bancárias ou em plataformas de atendimento..

Essas certificações foram criadas pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercadores Financeiros e de Capitais – ANBIMA, que tem por missão fortalecer a representação do setor e apoiar a evolução de um mercado de capitais capaz de financiar o desenvolvimento econômico e social local e influenciar o mercado global.

Mas por quais motivos investir na obtenção da certificação?

1. Diferencial

Ao concorrer por uma vaga no mercado de trabalho, é fundamental comprovar as qualificações – frequentemente, um currículo é o instrumento utilizado. É uma maneira pelo qual o profissional sinaliza que é habilitado para a vaga.

A certificação, no processo de seleção não é obrigatória, mas supondo que haja disputa pela vaga,  o profissional que possuir a certificação CPA-10 ou CPA 20, levará vantagem em relação aos demais que não as possuam.

2. Facilita a entrada no mercado

As normas que estabelecem a obrigatoriedade da certificação são a Resolução 3057/02, do Conselho Monetário Nacional, alterada pela Resolução 3158 de 2003. Posteriormente entrou em vigor a Resolução 3309/05, que dispõe sobre a certificação de empregados das cooperativas de crédito. Estas regras passaram a exigir dos profissionais do mercado financeiro e das instituições bancárias – voltados ao atendimento – a comprovação do seu conhecimento por meio de exames de certificação, que são organizados por entidades de reconhecida capacidade técnica. Ou seja, qualquer pessoa que pleiteie uma vaga voltada para a distribuição (venda) ou análise de investimentos para o público, no País, deve obter uma certificação — e a CPA-10 e CPA 20 são uma das alternativas disponíveis.

3. Possibilidade de crescimento financeiro e profissional

A certificação profissional, para quem atua no mercado financeiro no atendimento e venda de produtos financeiros, é uma obrigação legal. Mas além desta obrigação ela representa um fator de distinção, pois em momentos como o que vivemos atualmente, pode representar a diferença entre concorrer e conquistar uma vaga no mercado de trabalho.

Para quem pretende ingressar neste segmento do mercado ou fazer carreira, obter um das certificações disponíveis, tais como a CPA-10 ou CPA 20 é primordial. O profissional que tiver atestado o seu conhecimento e capacidade técnicas, geralmente terá maior possibilidade de estabilidade no seu cargo e melhores chances de evolução na carreira.

4. O conhecimento liberta

O objeto de estudos do mercado financeiro é vasto. Via de regra temos apenas dois segmentos de investimentos, renda fixa e variável, entretanto estes dois segmentos possuem diversas variantes que vão das mais simples as mais complexas. Existem ainda as normas e leis que devem ser seguidas. Desta forma, um profissional competente deve se manter atualizado em seu segmento de atuação.

Dedicar-se ao exame de certificação CPA-10, ou qualquer outra certificação disponível é igualmente é uma forma de elevar a capacitação e conhecimento. Dominando os conceitos que englobam a atuação no mercado financeiro, faz com que o profissional se torne mais competente.

Algo que qualquer candidato a obtenção da certificação deve estar atento é que sem estudo e dedicação não é fácil ser aprovado nesse exame. O conteúdo abordado na prova são 7 (sete) ao todo, que vão desde Sistema Financeiro Nacional e Participação do Mercado, passando por Ética, Regulamentação e Análise do Perfil do Investidor e Fundos de Investimentos. Além disso, para obter a certificação nas provas disponibilizadas pela ANBIMA, o profissional deve apresentar um índice de acertos de  70% em 50 questões no CPA 10 e 60 no CPA 20. Em outras certificadoras o conteúdo abordado é parecido, mas o percentual mínimo pode variar.

Assim, é muito importante buscar  uma forma e uma plataforma que possibilite uma preparação adequada ao perfil do candidato. Da mesma forma é fundamental manter contato com instrutores que tenham experiencia e conheçam por dentro o mercado e, obviamente, ter acesso a informações confiáveis e de qualidade.

Ao fazer a opção pela certificação, antes de dar início ao programa de estudos e procurar um curso preparatório é importante realizar um planejamento.

Um dos pontos a ser levado em consideração é o tempo que quer dispor para estudar e a data em que pretende fazer a prova. Um plano de estudos deve levar em conta, no máximo, duas horas de estudo por dia e, a utilização dos canais de tutoria para esclarecimento de dúvidas e exercícios desenvolvidos na forma das questões que serão respondidas no exame.

E, para terminar, a recomendação é para que exercite a interpretação de texto, pois as questões que fazem parte do programa de certificação, especialmente da Anbima, são interpretativas.

Se a sua opção for por uma carreira no mercado financeiro, é fundamental se dedicar e estudar os temas voltados para este segmento, pois além de aumentar as suas chances, o conhecimento liberta.