outubro, 2015

Comunicado – Aquisição do Grupo Crédito & Mercado

Seguindo nossos princípios de transparência, comunicamos que em 16/10/2015, o Grupo Crédito & Mercado foi adquirido pela empresa Starboard Participações Ltda.

A Starboard é formada por investidores com experiência no mercado financeiro e tem como objetivo investir na constante melhoria do segmento dos Regimes Próprios de Previdência Social – RPPS e na busca por melhores práticas de atuação dos prestadores de serviços.

Além da compra do Grupo Crédito & Mercado, foram adquiridas também a empresa PAR Investimentos e parte do sistema da empresa Plena Consultoria em Investimentos.

Será mantida a segregação de atividades de cada uma das empresas.

Os atuais controladores acreditam no modelo de atuação desenvolvido pela Crédito & Mercado, e entendem que foi através disto que se criou a solidez e a história da mesma.

Por esse motivo ressaltamos que a única mudança foi o controle social do Grupo Crédito & Mercado, sendo inalterada a sua diretoria, o quadro de consultores e corpo administrativo.

A Starboard entende que a manutenção da equipe bem como dos princípios e valores que sempre estiverem presentes em todas as nossas atividades, é o que irá possibilitar a continuidade do crescimento do Grupo e reforçar a confiança depositada em nossas empresas e serviços.

Além disto, os atuais projetos da empresa, como a modernização de nossa plataforma eletrônica, permanecem, melhorando ainda mais nosso atendimento.

No dia 30/09/2015 a ANBIMA fez um Workshop, para Instituições discutirem sobre qualificação e capacitação dos profissionais.

Cerca de 70 pessoas participaram do workshop “Os desafios de capacitação dos profissionais certificados”. O evento reuniu profissionais das áreas de Recursos Humanos de instituições financeiras para discutir os desafios da capacitação e treinamento de seus profissionais.

A ANBIMA realizou uma pesquisa que mapeou a nova dinâmica de distribuição de produtos de investimento. O levantamento identificou três principais personagens que atuam na comercialização de produtos de investimento em instituições financeiras. São eles: o líder, o profissional de relacionamento e o especialista.

Os resultados mostraram que o investidor prioriza a confiança na instituição e o relacionamento com os profissionais na hora de concentrar seus investimentos. “O retorno financeiro dos produtos é importante, mas não é a questão prioritária para o investidor. A confiança e o relacionamento pesam muito mais na hora de concentrar seus investimentos em uma instituição. Sofisticar os produtos não pode ser a única preocupação”, explica Ana Leoni – Superintendente de Educação da ANBIMA.

A pesquisa também mostrou que o investidor espera quatro competências do profissional que o atende: conhecimento, orientação, proatividade e pertinência.

Durante o evento também foram apresentados dados coletados da base de dados do Programa de Certificação Continuada sobre as taxas de aprovação nos exames de certificação.

A análise mostrou que 74% dos aprovados nos exames de certificação passaram na primeira tentativa e que apenas 17% dos que prestaram as provas nunca foram aprovados.

Uma curiosidade importante na pesquisa mostrou que, no geral, quem se preparou por curso online tem maior taxa de aprovação nos exames de certificação do que aqueles que fizeram cursos presenciais.

Martin Iglesias, vice-presidente do Comitê de Educação de Investidores, encerrou o workshop. E para ele, o acesso à informação é universal e isso permite que os clientes estejam muito informados e preparados, gerando a necessidade de um preparo muito maior do profissional. “O processo de revisão das certificações busca criar condições de manter esses profissionais sempre atualizados”, explica Iglesias. Para ele, neste cenário de informações em abundância, as certificações tendem a trazer confiabilidade muito grande, desde que sejam divulgadas, conhecidas e reconhecidas.

Fonte: ANBIMA