Mercado financeiro projeta inflação e crescimento menores para 2012

A primeira edição do Relatório de Mercado – Focus, revela que os economistas do mercado financeiro reduziram a sua estimativa para o IPCA – Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo de 2012, bem como a projeção para o crescimento da economia brasileira em mais um ano em que os efeitos da crise financeira internacional ainda devem repercutir.

Na avaliação do analista das instituições financeiras elevaram de 6,54% para 6,55% a sua estimativa para o IPCA de 2011. O Banco Central revelou que, em sua avaliação, a probabilidade de o IPCA ficar acima do o teto do sistema de metas é de 55%. Para 2012, contudo, a projeção caiu de 5,33% para 5,32%.

Sistema de metas de inflação

A politica monetária brasileira é baseada no sistema de metas de inflação. Por este regime a autoridade monetária deve calibrar a taxa de juros para atingir as metas pré-estabelecidas. O Banco Central está nivelando a taxa de juros para atingir a meta de inflação em 2011.

Para 2011 e 2012, a meta central de inflação é de 4,5%, com um intervalo de tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo. Deste modo, o IPCA pode ficar entre 2,5% e 6,5% sem que a meta seja formalmente descumprida. O BC busca trazer a inflação para o centro da meta de 4,5% em 2012.

Taxa de juros e câmbio

Os analistas do mercado financeiro projetam que a taxa básica de juros deverá continuou em 9,5% ao ano para 2012. A trajetória da taxa de juros projetada pelo mercado é de queda para 10,50% ao ano já na reunião do Copom – Comitê de Politica Monetária, que acontece nos dias 17 e 18 de janeiro. Passando para 10% ao ano em março e para 9,50% ao ano em abril – nível que deverá fechar 2012.

PIB

A projeção dos economistas do mercado financeiro para o crescimento da economia brasileira  para de 2011 recuou de 2,90% para 2,87%. Com esta é sexta queda seguida do PIB. Para 2012, a estimativa do mercado para a evolução do PIB – Produto Interno Bruto caiu de 3,40% para 3,30%.

A edição do Relatório Focus desta semana mostra que  os , a projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2012 ficou em R$ 1,75 por dólar.

Balanço de pagamentos e IED

A projeção dos economistas do mercado financeiro para o saldo da balança comercial em 2011 recuou de superávit de US$ 29 bilhões para US$ 28,10 bilhões.

Para 2012, a autoridade monetária informou que a estimativa dos economistas para o saldo da balança comercial recuou US$ 18,28 bilhões para US$ 17,90 bilhões.

Em relação ao IED – Investimentos Estrangeiros Diretos, a projeção do mercado para a entrada de recursos em 2011, foi elevada de US$ 60,20 bilhões para US$ 63 bilhões. Para 2012, a estimativa de entrada de investimentos no Brasil continuou em US$ 55 bilhões.

Deixe um Comentário

Repetir o Post


Arquivos
  • novembro 2020
  • outubro 2020
  • setembro 2020
  • agosto 2020
  • julho 2020
  • junho 2020
  • maio 2020
  • abril 2020
  • março 2020
  • fevereiro 2020
  • janeiro 2020
  • dezembro 2019
  • novembro 2019
  • outubro 2019
  • setembro 2019
  • agosto 2019
  • julho 2019
  • junho 2019
  • maio 2019
  • abril 2019
  • março 2019
  • fevereiro 2019
  • janeiro 2019
  • dezembro 2018
  • novembro 2018
  • outubro 2018
  • setembro 2018
  • agosto 2018
  • julho 2018
  • junho 2018
  • maio 2018
  • abril 2018
  • março 2018
  • fevereiro 2018
  • janeiro 2018
  • dezembro 2017
  • novembro 2017
  • outubro 2017
  • setembro 2017
  • agosto 2017
  • julho 2017
  • junho 2017
  • maio 2017
  • abril 2017
  • março 2017
  • fevereiro 2017
  • janeiro 2017
  • dezembro 2016
  • novembro 2016
  • outubro 2016
  • setembro 2016
  • agosto 2016
  • julho 2016
  • junho 2016
  • maio 2016
  • abril 2016
  • março 2016
  • fevereiro 2016
  • janeiro 2016
  • dezembro 2015
  • novembro 2015
  • outubro 2015
  • setembro 2015
  • agosto 2015
  • julho 2015
  • junho 2015
  • maio 2015
  • abril 2015
  • março 2015
  • fevereiro 2015
  • janeiro 2015
  • dezembro 2014
  • novembro 2014
  • outubro 2014
  • setembro 2014
  • agosto 2014
  • julho 2014
  • junho 2014
  • maio 2014
  • abril 2014
  • março 2014
  • fevereiro 2014
  • janeiro 2014
  • dezembro 2013
  • novembro 2013
  • outubro 2013
  • setembro 2013
  • agosto 2013
  • julho 2013
  • junho 2013
  • maio 2013
  • abril 2013
  • março 2013
  • fevereiro 2013
  • janeiro 2013
  • dezembro 2012
  • novembro 2012
  • outubro 2012
  • setembro 2012
  • agosto 2012
  • julho 2012
  • junho 2012
  • maio 2012
  • abril 2012
  • março 2012
  • fevereiro 2012
  • janeiro 2012
  • dezembro 2011
  • novembro 2011
  • outubro 2011
  • setembro 2011
  • agosto 2011
  • julho 2011
  • junho 2011
  • maio 2011
  • abril 2011
  • março 2011
  • fevereiro 2011
  • janeiro 2011
  • dezembro 2010
  • novembro 2010
  • outubro 2010
  • setembro 2010
  • agosto 2010
  • julho 2010
  • junho 2010