Telefone: 13 3878-8400  |  E-mail: consultoria@creditoemercado.com.br

Consultoria em InvestimentosConsultoria em Investimentos

Mercado eleva projeção para inflação e juros neste ano

O Relatório de Mercado – Focus, divulgado hoje, 31/01 mostra que os analistas do mercado financeiro elevaram mais uma vez a sua projeção para o IPCA – Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo para 2011, que subiu de 5,53% para 5,64.

Com esta é a oitava semana consecutiva de elevação da expectativa de inflação para este ano. Os analistas do mercado estimam elevação para o IPCA também em 2012, que passou de 4,54% para 4,70%.

Juros
Como medida de combate  as pressões inflacionárias, o Banco Central iniciou um ciclo de aberto monetário com a alta da taxa básica de juros, Selic, no início deste ano, quando os juros subiram de 10,75% para 11,25% ao ano. Os analistas do mercado financeiro estimam que haverá maiores elevações no decorrer de 2011. O mercado financeiro alteram sua estimativa para taxa Selic para  12,50% ao ano  ao final de 2011, projeção maior que anterior que era de 12,25% ao ano. Para o fim de 2012, a expectativa do mercado financeiro para os juros básicos da economia se mateve em 11% ao ano.

PIB e Cambio
A expectativa do mercado financeiro para o PIB – Produto Interno Bruto (PIB) de 2011 foi elevada de 4,5% para 4,6%. A projeção do mercado para 2012 ficou inalterada em 4,5%.

A expectativa do mercado financeiro em relação a taxa de câmbio para o final de 2011 continuou foi mantida em R$ 1,75 por dólar. Para o encerramento de 2012, a estimativa do mercado financeiro é também de estabilidade para o fechamento da moeda norte-americana. O mercado projeta fechamento  em R$ 1,80 por dólar.

Balanço de Pagamentos
O mercado financeiro para o saldo da balança comercial – exportações menos importações- superávit em 201, com elevação de US$ 9,27 bilhões para US$ 9,52 bilhões na semana anterior.

Para 2012, a expectativa dos analistas do mercado para o saldo da balança comercial caiu de US$ 5,2 bilhões para US$ 5 bilhões de superávit.

Em relação aos IED – Investimentos Estrangeiros Diretos, a estimativa do mercado para o ingresso recursos em 2011 permaneceu inalterada em US$ 40 bilhões. Para 2012, a expectativa para a entrada de investimentos no Brasil subiu de US$ 41 bilhõess para US$ 42,2 bilhões.

Quedas de juros maiores no longo prazo

Em meio è tendência de queda dos contratos de juros futuros no dia 28/01, destacamos o trecho mais longo da curva, que registra as maiores quedas nas taxas de vencimento após fecharem na véspera em alta.

A maior queda desta sessão do mercado é registrada pelo contrato com vencimento para   julho de 2013, com taxa de 12,87%, ante fechamento anterior de 12,93%.

Destacamos este fato para chamar a atenção para o acompanhamento do comportamento dos juros futuros, pois as oscilações nos juros de prazo mais longos afetam significativamente a rentabilidade dos fundos atrelados aos índices IMA. Taxa em alta retorno menor, taxa em queda retorno maior.

Deixe um Comentário

Repetir o Post