Telefone: 13 3878-8400  |  E-mail: consultoria@creditoemercado.com.br

Consultoria em Investimentos

Os Impactos da Vitória de Donald Trump

Os mercados globais operam no vermelho, após a confirmação da vitória do candidato republicano Donald Trump para a presidência dos EUA. O empresário bilionário obteve vitórias surpreendentes em estados-chave, que eram dados como certos para a candidata democrata Hillary Clinton.

Num típico movimento de “ressaca”, os índices das principais bolsas de valores mundo afora despencaram. O índice Nikkei (Japão), -5,4%; O CAC (França), -1,4; O DAX (Alemanha), -1,2; O FTSE-100 (Reino Unido), -0,4%; SSE Composite (China), -0,6%.

Nos EUA as bolsas ainda não abriram, mas os negócios no mercado futuro já sinalizam a derrocada dos índices. O Futuro S&P 500 chegou a atingir um limite de baixa de 5%, acionando o mecanismo de “circuit break”, mas ameniza as perdas durante a sessão. Agora, recua -1,3%.

No mercado brasileiro, o pregão da Bovespa negocia nesse momento aos 62.800 pontos, uma queda de -2,1%. Já esteve pior, aos 61.800 pontos na abertura do pregão. No mercado futuro de juros, as taxas dos contratos com vencimentos mais longos abrem com força, mas já mostram sinais de moderação.

No primeiro discurso após ser eleito, Donald Trump adotou um tom mais moderado do que na campanha, ao conclamar todas as lideranças norte-americanas para uma união por todos. Resta saber se, de fato, as ações serão conciliadoras, ou se ele cumprirá com o que prometeu durante a campanha, com viés fortemente protecionista no que diz respeito as relações externas, e intervencionista nas questões internas. Não podemos nos deixar levar pelo extremismo da retórica de Donald Trump durante a campanha.

Como reflexo imediato desse evento importante, esperamos intensa volatilidade com um viés de baixa no curtíssimo prazo, embalado pela queda dos mercados acionários globais. Entretanto, os mercados tendem a se acomodar na medida em que o sentimento de catástrofe seja dissipado.

Neste contexto, recomendamos aos nossos clientes cautela na condução dos investimentos e nas tomadas de decisões que envolvam os recursos do Regime Próprio, e perseguir a estratégia recomendada na política de investimentos.

Deixe um Comentário

Repetir o Post