Telefone: 13 3878-8400  |  E-mail: consultoria@creditoemercado.com.br

Consultoria em Investimentos

Meta atuarial indexada ao INPC e IPCA recua forte em julho

A meta atuarial indexada tanto em INPC quanto em IPCA recuou no mês de julho para 0,40% e 0,56%, respectivamente.

O motivo para a meta atuarial vir bem abaixo dos meses anteriores, foi que  a inflação oficial do governo, medida pelo IPCA – Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, anunciado hoje pelo IBGE, mostrou variação de 0,03% em julho. Por sua vez o INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor apresentou deflação de -0,13% no mês, bem abaixo do resultado do mês anterior que foi de 0,28%.

Um dos principais motivos para a desaceleração da inflação deveu-se ao grupo Alimentação e Bebidas sustentou um processo de desaceleração e, após a taxa de 0,04% em junho, proporcionou queda de -0,33% em julho, com impacto de 0,08 ponto percentual negativo. Desde julho de 2011 não ocorria deflação nos alimentos.

Outro  grupo, o dos Transportes veio com uma deflação ainda maior que a dos alimentos, -0,66%. O impacto do segmento na inflação medida pelo IPCA foi de -0,13 ponto percentual. A taxa de -0,66% foi a queda mais forte nos Transportes desde junho de 2012. No grupo, as tarifas dos ônibus urbanos permaneceram 3,32% mais baratas e comandaram a relação dos impactos para baixo, com –0,09 ponto percentual.

Deixe um Comentário

Repetir o Post