Telefone: 13 3878-8400  |  E-mail: consultoria@creditoemercado.com.br

Consultoria em Investimentos

abril 18th, 2011

FOCUS – Mercado espera elevação da Selic para 12,25% ao ano na reunião do Copom desta semana

A grande maioria dos economistas das instituições financeiras que participam da pesquisa que serve de base para a elaboração do Relatório de Mercado – Focus manteve a estimativa de elevação da taxa básica de juros da economia, Selic, definida pelo Banco Central. Na avaliação dos analistas a taxa Selic será elevada dos atuais 11,75% ao ano para 12,25% ao ano nesta semana, quando acontece a reunião do Copom – Comitê de Política Monetária.

A reunião do Copom que decidirá a nova taxa básica de juros da economia acontecerá nos dias 19 e 20, nas próximas terça e quarta-feira,  a decisão será divulgada as 18h do dia 20.

Caso se confirme, este deverá ser o terceiro aumento seguido da taxa Selic, que foi elevada em janeiro e março deste ano. O objetivo do Banco Central, com o aumento dos juros, é refrear as pressões inflacionárias.

Inflação
Conforme dados do relatório de mercado – Focus divulgado hoje, 18/04, a expectativa dos economistas do mercado financeiro é de elevação para o IPCA – Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo de 2011 de 6,26% para 6,29%. Sendo assim, a projeção para a inflação de 2011 já se está próxima ao teto da meta de inflação definida pelo CMN- Conselho Monetário Nacional para este ano. Com este é sexto aumento consecutivo na estimativa para a inflação de 2011. Para 2012, por sua vez, a previsão do mercado para o IPCA permaneceu estável em 5%.

PIB e câmbio

Os analistas do mercado financeiro mantiveram a sua projeção para o crescimento da economia de 2011. Na estimativa do mercado para o PIB – Produto Interno Bruto se manteve estável em 4%. Para 2012, a estimativa do mercado de crescimento da economia brasileira foi elevada de 4,24% para 4,25%.

No relatório Focus divulgado hoje, 18/04, a estimativa dos analistas do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2011 recuou de R$ 1,68 para R$1,65 por dólar. Para o encerramento de 2012, a expectativa do mercado financeiro para a taxa de câmbio caiu de R$ 1,72 para R$ 1,71 por dólar.

Balanço de Pagamentos e IED

Na avaliação dos economistas do mercado financeiro para o saldo da balança comercial, exportações menos importações, para 2011 subiu de um superávit de US$ 17,01 bilhões para US$ 17,2 bilhões na semana passada.

Para 2012, o Banco Central divulgou nesta segunda-feira que a projeção dos analistas de mercado para o saldo da balança comercial foi elevado de um superávit US$ 9,9 bilhões para US$ 10.

Em relação aos IED – Investimentos Estrangeiros Diretos, a estimativa do mercado para o ingresso de 2011 continuou estável em US$ 45 bilhões. Para 2012, a estimativa de entrada de investimentos no Brasil subiu de US$ 44,85 bilhões para US$ 45 bilhões.